segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Retalhos e Detalhes - Bloco de Junho - Starflower

Já vou um pouco mais atrasada no acompanhamento deste projecto, mais do que desejaria, mas também como diz a Isilda, não há pressas...

Mostro aqui o meu bloco de Junho - o Starflower.

Confesso que de todos, este foi o que me deu mais "luta"! Aconteceu quase de tudo um pouco...
Para começar, só consegui concluir este bloco em 4 "actos".
O primeiro acto foi aquele em que cortei os tecidos todos e ficaram preparados para depois ser só unir e coser.
O segundo acto correu mesmo mal, porque foi aquele em que cosi os quadrados coloridos e fiz asneira da grossa... com a minha mania de ser apressada, não li bem as instruções e como tal, em vez de ter quatro quadrados com tecidos coloridos e outros quatro com tecido colorido e branco, acabei por coser por engano os quadrados coloridos todos entre si... só quando fui unir tudo é que me apercebi que deveria ter deixado 2 quadrados de cada um dos tecidos coloridos, para coser com os quatro quadrados de branco... O pior foi que um dos tecidos, que eu adoro, acabou e já não podia fazer mais quadrados... acabei por ter que voltar a escolher os tecidos coloridos e voltar à calha de "corte de tecido".
O terceiro acto foi aquele em que uni tudo como devia ser, mas a dada altura, estava super concentrada e comecei a ter o filhote e o marido a fazer ruído de fundo e a me pedirem tudo e mais alguma coisa que se lembraram (irra!), até que eu fiquei profundamente aborrecida e com uma dor de cabeça tremenda e preferi simplesmente guardar tudo e unir as "filas" depois...
O quarto acto foi aquele em que o terminei, onde tive que desmanchar duas vezes as costuras, porque ficou tudo desalinhado... depois a linha partiu-se, outra desenfiou-se e ainda tive que encher o carreto. A sério, parecia que este bloco estava mesmo a ser tirado a ferros!
No final, posso dizer que não fiquei nada contente com o resultado final. Há blocos que têm as costuras desalinhadas e até têm um ligeiro "bolso" por causa duma costura em que um dos tecidos se "escapou"... enfim! Noutra altura logo volto a pegar-lhe e a corrigir o que está mal...
Não é que o bloco seja sequer difícil de executar e a Isilda foi bastante clara nas suas instruções, como sempre, mas eu tive uma certa dificuldade em executar este bloco, por várias razões...



13 comentários:

  1. Que grande aventura!! :) Mas o que importa é que conseguiste e ficou muito bem!
    O meu também me deu um pouco de luta, mas realmente estes blocos não se podem fazer " à pressa ".. Falo por experiência, que eu também sou despachada, mas este desafio ensinou-me que para os blocos ficarem minimamente perfeitos têm de ser feitos com muuuita calma ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bárbara, só não desisti porque sou demasiado teimosa. E já descobri que quando a coisa não está a resultar, o melhor é parar, guardar e regressar depois. mas desta vez estava a ver que nem assim...

      Eliminar
  2. Bom dia Naná

    Agora fizeste-me lembrar quando comecei no curso de Patchwork, há uns anitos atrás, tambem era estilo um quadrado por mes, e muitos triangulos, acho que foi aí que tirei o curso de 'Aprender a ter calma', nem imaginas o que sofri.

    Passado algum tempo, nao podia ver triangulos á frente, mas com os anos, e mesmo as profissionais de vez em quando nao conseguem unir a 100%, mas para mim, alem de como cosemos, o segredo está como passamos a ferro, o que se passa por trás do trabalho, torna depois a uniao mais fácil, portanto resumindo o ferro de passar começa a ser um grande grande amigo.

    E a regra n. 1 , 2 , 3 , ......

    Prática, prática, prática ....

    A sério tudo se torna mais fácil.

    Muita força e gostei muito do quadrado

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla, pois a prática é mesmo um grande aliado e a paciência também...
      Já apanhei alguns truques que me permitem evitar alguns erros maiores.
      Por acaso tenho bastante cuidado a engomar e a abrir as costuras. É que eu gosto de engomar e sou um pouco maníaca com o ferro de engomar!

      Eliminar
    2. Duas, eu tambem adoro engomar. Engraçado que eu nao abro as costuras, uso o outro método.

      Uma pessoa simplesmente se habitua ao método que aprendeu.

      Força e queremos ver mais :-)

      Beijocas

      Eliminar
  3. Olá!!!
    Li o teu texto na íntegra antes de ver a fotografia, por isso estava à espera de um bloco muito "desalinhado" mas não foi o caso.
    Acho que depois daquelas peripécias todas acabaste por te sair bem.
    A dificuldade deste bloco está na união dos quadrados, tem de ser ao milímetro.
    Gosto dos tecidos que selecionaste.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isilda, a fotografia favorece bastante o trabalho, porque nela não se vê o tal "bolso"...

      Eliminar
  4. Ficou lindo Naná e eu levava uma vida a terminá-lo :)

    ResponderEliminar
  5. De repente, pensei que estava a ler um post meu!!!

    Beijos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, mas olha que tu também te desenrascas bem com a máquina de costura!

      Eliminar
  6. Que bonita que está Naná! E que grande aventura!! Eu não sei se seria capaz de tal feito… eu e a máquina de costura temos uma relação amor-ódio ;)

    margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida, obrigada!
      A sério?! Fazes os teus trabalhos todos à mão?!

      Eliminar
  7. Ficou muito bonito o teu bloco.
    Os meus andam todos atrasados, quando tiver a minha salinha de costura pronta tenho de os fazer todos de uma vez
    bjs

    ResponderEliminar

Ponha aqui as suas mãos!