segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Retalhos & Detalhes - Nó Celta

Mais uma vez, este bloco foi feito em duas sessões.

A primeira foi dedicada ao corte e só passadas duas semanas é que consegui sentar-me à máquina de costura para coser tudo.

Comecei o bloco super concentrada, muito focada em cada detalhe que estava a fazer. Li e reli as instruções para não me enganar e estava a gostar tanto de ver como tudo se ia encaixando na perfeição. Até que...

Até que cheguei ao momento de unir as três "filas horizontais". 
Já tinha começado a borrar a pintura quando fiz o bloco central, quando tive que concluir a última costura, que era a continuação de outra já existente. O erro bem básico só o vi após ter unido o bloco todo... 

Quando fui unir as filas, algo não batia certo. Se estava alinhado de um dos lados, estava desalinhado no outro. Se tentava acertar desse lado, começava a desalinhar na ponta oposta. Resumindo, não consigo compreender como é que estava tudo a bater certinho direitinho, com uma precisão quase assustadora e no fim, o resultado foi o bloco mais mal executado de todos...

Ainda hei-de desmanchar algumas costuras e corrigir aquilo que conseguir, mas sinceramente, apesar de a execução ser até bastante fácil, o resultado não correspondeu ao que esperava e fiquei muito triste mesmo com o resultado final e comigo mesma. Detesto ver costuras tortas...






9 comentários:

  1. realmente nota-se muito bem o erro, que pena... será porque o tecido branco é mais grosso que os outros? pelo menos pareceu-me, corrige-me se estiver errada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magda, acho que deve ser mesmo essa a razão. Não encontro mais explicação nenhuma...

      Eliminar
  2. Estava a pensar incentivar-te...
    "deixa estar, não se nota muito...."

    toca a desmanchar e a fazer de novo!!
    Para mim, patchwork só feito pelos outros.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Maria, mas realmente, só desmanchando e que poderei remediar alguma coisa...

      Eliminar
  3. Oh! Fico triste por ficares triste, e ainda por cima não te conseguir ajudar!!! Haja pelo menos o consolo de que fizeste uma boa combinação de tecidos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isilda, sim, ao menos consola-me isso!
      Mas pode ser que ainda consiga desmanchar e corrigir as imperfeições de forma a ficarem pelo menos mais disfarçados os erros

      Eliminar
  4. eu gabo-te a paciência… isto é tão trabalhoso! Eu entendo, também ficaria triste, mas acho que estes trabalhos minunciosos exigem muita prática… eu ainda ando a ver se faço as pazes com a máquina de costura :)

    margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida, é mesmo um exercício de paciência. Logo eu que não recebi muito dessa virtude. Mas o orgulho de ver uma coisa destas sair das minhas mãos consegue bater qualquer impaciência que eu tenha :)

      E espero mesmo que faças as pazes com a máquina de costura, porque se a coser à mão fazes coisas lindas, imagino cosido à máquina!

      Eliminar
  5. Pois é...o mesmo problema que eu! Mas o meu fica como está! No final nem se deve notar muito...;)

    Beijinhos
    Bárbara

    ResponderEliminar

Ponha aqui as suas mãos!