segunda-feira, 24 de março de 2014

Caixinha de mimos - a revelação

Há já algum tempo que andava a magicar fazer uma lembrança para oferecer à Maria, como forma de gratidão por todo o carinho e amizade. 

Mas ainda não tinha atinado bem com o quê... quando fiz os brincos para a Troca do Dia da Mulher, achei que seria uma boa ideia fazer uns assim para a Maria.

Desta feita optei por usar um fio mais fino e de outra marca, de forma a que os corações ficassem ainda mais pequenos (e mesmo assim, ainda os acho um bocado grandes...) e com um ar ainda mais rendilhado, a imitar uma espécie de filigrana. 

Gostei ainda mais de trabalhar com este fio, o Finca Presencia n.º 8, muito macio e sedoso, e com uma gama de cores bem bonita.

Parece-me evidente que fiz as pazes com o crochet com fio de algodão e com as agulhas de espessura mesmo muito reduzida.

Mais uma vez recorri ao esquema que encontrei neste livro da Edie Eckman.



8 comentários:

  1. bem, que delicados! parecem obras de arte Naná!

    ResponderEliminar
  2. Estão lindos! Onde comprou as linhas? Penso que tenho umas dessas que comprei numa loja chinesa, mas não me lembro. Há tempos deram-me umas meadas de ponto cruz da mesma marca e gostaria de saber se sabe onde poderei encontrar esse fio. Muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As linhas comprei na retrosaria aqui da minha cidade.
      Nas lojas chinesas cá da terra também há em grande variedade e de boa qualidade e inclusivamente fabricadas em Portugal.

      Outra hipótese é comprar da DMC através do site deles, mas não posso dizer se as compras através do site correm bem ou não porque nunca comprei desse jeito.

      Eliminar

Ponha aqui as suas mãos!