terça-feira, 24 de março de 2015

Terapêutica do tricot

Ultimamente é no tricot que me sinto melhor, mais confortável, mais confortada.

Tricotar todos os dias nem que seja apenas por 30 minutos tem-me ajudado a desanuviar e a focar-me em mim mesma, ao contrário do restante tempo do dia, em que as necessidades dos demais ocupa o patamar cimeiro.

Aquele tic-tic-tic parece fazer abrandar os pensamentos do meu cérebro.
Os dias em que não pego nas agulhas, parece um dia vazio, em que algo me faltou, como se me tivesse esquecido de completar uma qualquer tarefa.

Já muito se disse sobre o quanto o tricot é benéfico para a nossa saúde (exceptuando aquela tendinitezinha no ombro esquerdo que se queixa sempre...), e antes mesmo de ler sobre isso, já tinha percebido o quanto me faz bem, o quanto me ajuda a relativizar, a esquecer as pequenas chatices quotidianas, a organizar pensamentos e a suavizar o cansaço.

E isso aumenta de significado quando aquilo que se está a fazer serve um propósito mais altruísta, mais generoso e solidário. Quando aquilo que nasce do entrelaçar dos fios com as agulhas é para alguém que precisa e merece carinho, como é o caso das crianças do Refúgio Aboím Ascensão.


10 comentários:

  1. Por vezes esquecemos que ao "fazer o bem aos outros". estamos a fazer "o bem" principalmente a nós...

    ResponderEliminar
  2. Naná...também é a minha terapia!
    Espero que seja um sucesso!!!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tricot faz mesmo maravilhas por nós :)

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Sabe mesmo bem fazer tricot. E esta iniciativa para a qual estás a tricotar, torna a peça que estás a fazer ainda mais valiosa! Continuação de boa malha! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que encontras-te a tua terapia :)

    ResponderEliminar
  5. Mexer nas lãs é realmente uma terapia. E se, além de "terapêutico", originar tantos trabalhos fantásticos como os que aqui nos mostras, então vale ainda mais a pena!
    Bjs e continuação de bons trabalhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, mexer nas lãs é muito bom!
      Obrigada :)

      Beijinhos :)

      Eliminar

Ponha aqui as suas mãos!